Não somos 6 milhões , somos mais !!!!
Benfica Campeão
Sexta-feira, 02 DE Abril 2010

 Depois da exibição de ontem o objectivo esta mais próximo .

 Foi uma excelente exibição do Benfica ficou a pecar pelo resultado escasso face às inúmeras oportunidades desperdiçadas pelos jogadores encarnados . Mas o jogo não começou da melhor maneira , aos 9 minutos o Liverpool adiantava-se no marcador pelo defesa Dinamarquês Agger que concluiu  em golo o cruzamento efectuado por Gerrard na cobrança de uma falta (inexistente), o toque de calcanhar acaba por apanhar  a defesa encarnada fora do lance e estava feito o 1º golo da partida e logo para os visitantes . É de salientar que o lance em questão além de não ter existido a falta que origina o golo , também a quando do remate está em fora de jogo posicional o Jogador Kuyt que acaba obstruindo a visão ao guardião Júlio César . E para quem diz que o golo foi legal eu relembro o que ditam as regras; fora de jogo é quando o jogador que ataca se encontra adiantado face ao penúltimo defensor ( contar com guarda - redes) , mais tarde veio a modificar-se  esta regra no seguinte aspecto em que se a bola não fosse para a zona de acção do dito jogador em fora de jogo e este não interviesse no lance ( seja obstruído , seja simulando ou até mesmo tocando o esférico ) não seria marcado fora de jogo . O lance em questão e apesar de não ter tocado na bola , o jogador acaba por obstruir a visão do guarda-redes deixando uma abertura para a bola passar . Os árbitros deixaram passar o lance .

O Benfica via-se a perder logo no inicio de jogo , mas não baixou os braços e lutou , poderia ter chegado ao golo na primeira parte por cinco vezes a remates de Cardozo aos 10,12 e 17 , Ramires aos 24 e Di Maria num fabuloso remate aos 28 minutos . Até que o jogador Babel nas "barbas" do arbitro coloca as mãos por duas vezes na cara de Luisão provocando a jogador benfiquista que já tinha um amarelo e acaba por ser expulso . Se até então o Liverpool só tinha chegado á baliza encarnada por uma só vez , então apartir dai só deu Benfica até ao fim da primeira parte . A superioridade encarnada ficava bem patente no numero de remate à baliza na primeira parte ; Benfica - 7 remates  , Liverpool - 2 remates .

Na segunda parte foi mais do mesmo o Benfica a mandar no jogo , ridicularizando o Liverpool que ia defendendo como podia , Cardozo continuava a tentar e a falhar . O Liverpool ia tentando adiar o inevitável , o golo já se fazia prever e acabou mesmo por surgir quando após um "míssil" enviado à baliza de Reina pelo Óscar Cardozo que acaba por esbarrar no poste e sobrar para Aimar este é derrubado na área e ai o arbitro acaba por marcar o castigo máximo , o qual Óscar Cardozo não desperdiça e restabelece a igualdade que vinha a fugir .

Irá ficar certamente marcada na memória a imagem de um jovem adepto ( deveria de ter 8/9anos) a chorar de emoção após o golo de Cardozo , isto é que é o espirito benfiquista , e a prova que apesar destes 20 anos de roubalheira no campeonato nacional este jovem como muitos sabem o que é um grande clube um clube honesto e com valores .

Mas voltando ao jogo , o Benfica continuava o seu ataque massivo , e o Liverpool acabava por defender como podia até que aos 79 minutos novo lance polémico na área visitante que acabaria em penalti por mão do defesa do Liverpool . Cardozo voltou a ser chamado á conversão e desta vez com classe difere um remate colocado e faz a reviravolta do marcador. No meio disto tudo o Liverpool a meu ver é que acaba por beneficiar deste jogo, apesar de dois penaltis marcados a seu favor o Glorioso tem razão de queixa ; ficaram mais dois penaltis por assinalar , um na primeira parte por mão na bola do Defesa Lucas, uma agressão a Cardozo em que o defesa central Carragher dá uma autentica patada no ombro de Cardozo , o arbitro nada assinalou . Carragher seria expulso , e no lance do primeiro pénalti Insúa deveria ter visto o segundo amarelo o que não aconteceu . Até a impressa inglesa reconheceu que foi sorte o Liverpool não ter saído da Luz goleado como haveria sido o Everton na fase de grupos . Agora temos que aguentar o ritmo que o Liverpool vai imprimir no jogo , e minimizar o cansaço que vai acumulado nos nossos jogadores , mas eu acredito que o Benfica vai conseguir um resultado positivo e que o objectivo "Hamburgo" está próximo . 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Imprensa Desportiva

 

Os lances dos penaltis e os golos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Sérgio Martins às 07:02
Sexta-feira, 19 DE Março 2010

 

O Benfica viajou até França , para defrontar o Marselha no seu reduto . Na primeira mão um empate a uma bola , com vantagem para os franceses. O Benfica tinha que marca para pensar na próxima eliminatória . Toda a gente falava que ia ser um ambiente difícil , que dificilmente o Benfica passaria à próxima fase . Mas contra tudo e contra todos o Benfica demonstrou a sua classe e levou de vencida a equipa francesa no Velódrome . Não sei o que se passou , mas o que é um facto é que o Benfica foi completamente roubado , a inclinação do terreno de jogo era mais que evidente . Dois penáltis claríssimos por marcar , faltas que o arbitro só marcava para um lado , cartões que tardaram a sair do bolso do arbitro nomeado por outro francês ( Platini) coincidência!? acho que não . A imprensa francesa dava já como garantida a passagem a próxima fase do Marselha , mas o Benfica muito humilde , batalhador ,  combativo  e com aquela força que só um clube como o nosso tem consegui dar a volta ao marcador   e à eliminatória . O Benfica mediocrizou o Marselha , teve inúmeras oportunidades para até golear os franceses . o Benfica pressionou o adversário sem nunca ter materializado em golo as inúmeras situações para inaugurar o marcador , fica nota de registo um portentoso remate de Cardozo que ainda deve ter tirado tinta do poste da baliza defendida por Mandanda , e foi contra a corrente do jogo ( 70 min) que  o Marselha acabou por chegar ao golo por Niang numa das poucas falhas da defensiva encarnada . O Marselha pouco fez até ai e viu-se praticamente com a eliminatória ganha .Mas o Benfica não baixou os braços , e foi à luta , acabou por dar frutos Maxi Pereira(75 min) que haveria marcado em Lisboa , num remate fora da área acaba por igualar o jogo e a eliminatória . O Benfica sabia que não podia ir a prolongamento pois iria ser muito cansaço acumulado , visto que Domingo temos a final da taça da liga para ganhar frente ao FC Porto . Vai dai JJ decide lançar em campo Alan Kardec  , que com enorme frieza e com um remate super colocado restabelece a justiça no marcador já no decorrer dos descontos . O Marselha acaba por provar do seu próprio veneno , visto também em Lisboa ter marcado já depois da hora . Alan Kardec irá também ficar ligado a este jogo , por ter sido o marcador do golo 100 esta temporada em jogos oficiais .

  O Benfica vence, convence e maravilha a Europa de Futebol , o Liverpool é o Sr. que se segue rumo à final de Hamburgo .

 

O resumo

 

 

No dia seguinte as capas dos jornais eram assim: 

 

 

publicado por Sérgio Martins às 19:58

 

 

O benfica defrontou o Marselha nestes oitavos de final da Liga Europa . O primeiro jogo foi realizado no estádio da luz  no dia 11/03/2010 . O jogo terminou num empate a um golo .

O benfica mostrou-se um pouco nervoso e acabou por permitir ao Marselha criar algumas oportunidades de golo . O marselha teve sempre um controlo do jogo no meio campo axfixiando por momentos as jogadas de ataque do glorioso . Tendo mesmo tido a melhor jogada para golo do encontro numa altura em que estava 0 - 0 , Niang já dentro da área cabeceia violentamente na direcção do golo , mas o guardião encarnado defendeu a dois tempos  o lance de uma forma absulutamente fántastica . Mas o  Benfica acaba por conseguir o golo através de um lance em que o guarda - redes Mandanda larga a bola , acabando esta intruduzida na baliza por Maxi Pereira já na parte final do encontro .Era a melhor fase do Benfica e logo a seguir Ramires envia uma "bomba" que subtilmente desviada pelo guardião francês esbarra na barra violentamente , poderia ter sentenciado logo ali o jogo , mas assim não aconteceu . O marselha acabou por vir à luz jogar para o empate , empate este que acabou mesmo por acontecer já nos descontos num cabeceamento de Ben Arfa , sem possibilidade de Julio César defender . A defesa acabou por sair mal desse lance , que deixou sem marcação o jogador francês . No final do encontro os dois técnicos consideraram o resultado justo .

 Golo do Benfica

 

 

Capas de jornais

publicado por Sérgio Martins às 19:56
Sábado, 27 DE Fevereiro 2010

 

 

 

O Benfica defrontou o Hertha de Berlim desta feita no inferno da Luz . Achei  inadmissível colocarem o jogo às cinco da tarde , não tem jeito a UEFA colocar um jogo durante a semana aquela hora , não é bom para os clubes que teoricamente irão ter menos assistência nem para os clubes que irão fazer menos receita . Mas mesmo com essa situação o Benfica provou mais uma vez que é um clube como poucos , e colocou nada mais nada menos que cerca de 30 mil adeptos no estádio , é obra, somos mesmo grandes .

Mas vamos ao jogo , o Hertha veio com uma postura bastante defensiva concerteza à procura de uma jogada rápida de contra - ataque através do seu melhor jogador ( o brasileiro Rafael) . O benfica foi dono por completo do jogo , concerteza uma imposição do mister Jesus para fazer esquecer o Jogo de Berlim que foi uma das exibições menos conseguidas . Ao intervalo o resultado não espelhava o que se tinha passado no campo , mesmo estando a vencer por 1-0 ( Golo , após uma espectacular jogada do colectivo encarnado , culminada com uma soberba finalização do melhor Nº 10 a actuar em Portugal , Pablo Aimar ) o Benfica poderia estar já a ganhar por três ou quatro .

Na segunda parte o domínio do Glorioso continuou e logo ao abrir , Di Maria após uma excelente jogada em que consegue driblar três adversários ,  cruza milimetricamente para a cabeça de cardozo e este não perdoa e  faz o 2-0 .

Mas o golos não ficaram por aqui  e Javi Garcia acabou por se redimir do auto-golo marcado em Berlim e apontou o terceiro tento encarnado, na sequência de um canto mal aliviado pela defensiva alemã . Cardozo selou de forma brilhante a goleada matando de peito e fuzilando à meia volta o guardião do Hertha após cruzamento , mais um de Di Maria que continua a maravilhar com a sua técnica  .

O Benfica passou aos oitavos de final , onde irá encontrar o Marselha .

A caminhada continua até à final

 

Capas Dos Jornais

 

 

 

 

Resumo do Jogo

 

 

publicado por Sérgio Martins às 15:17
Segunda-feira, 22 DE Fevereiro 2010

 

 

 O benfica defrontou em solo alemão uma equipa do Hertha ferida pela sua actual situação , ultimo lugar da Bundesliga .

A equipa encarnada entrou muito bem no jogo passando a liderar o marcador logo aos 4 minutos num golo marcado pelo inevitável Di Maria que marca sempre em terreno germánico . O golo resulta num grande passe de Carlos Martins em profundidade para as costas da defesa do Hertha , onde aparece vindo de trás Di Maria qual foguete desmarcando-se muito bem e entrado em diagonal face à defensiva babara colocando com o pé direito( o seu pior pé o próprio ) no fundo das redes da baliza do guardião Berlinense .

Adivinhava-se uma estrondosa vitória na Alemanha , mas isso não acabou por acontecer , pois o Benfica viu-se a ganhar  tão cedo que acabou por tirar o pé do acelerador à espera que o adversário pegasse a iniciativa do jogo. Foi o que acabou por acontecer , e num lance aparentemente sem perigo após perda de bola de César Peixoto no meio campo do Herta o adversário faz um cruzamento sem perigo absolutamente nenhum e a bola acaba por ser cortada pelo javi Garcia que mal posicionado  a lança na direcção da baliza e acaba por fazer auto-golo . Resultado de igualdade a 1 golo .

Na segunda parte , pensei que o Benfica iria dar a volta ao jogo , mas estava completamente enganado , mais uma vez o Hertha tomou o pulso do jogo e acabou por ter mesmo as melhores situações de golo do jogo , tendo enviado uma bola ao poste da baliza de Júlio César sem hipoteses de defesa e uma outra grande oportunidade mas desta negado o golo pelo gardião encarnado ( defesa da noite ) . Salvou-se o resultado que não deixa de ser positivo , mas a exibição foi uma das menos conseguidas dos encarnados  nesta nova era Jorge Jesus .

A segunda mão é já esta terça -feira e perante o público encarnado estou certo que o Benfica vai carimbar a passagem à proxima fase , tendo já em vista o possivel adversário que será apartida o Marselha ( Venceu o FC Copenhaga fora por 1-3) .

 

Resumo do Jogo  - Hertha 1 - Benfica 1

 

publicado por Sérgio Martins às 21:40
Quarta-feira, 17 DE Fevereiro 2010

Joga-se amanha a primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa .

 

O Benfica viaja até Berlim para quebrar a mala pata de nunca ter ganho na Alemanha .

O ano passado o Benfica defrontou este mesmo Hertha onde empatou a uma bola em solo germânico .

Mas os jogos não são todos iguais e quinta feira irão defrontar-se nada mais nada menos que o primeiro classificado da liga Sagres e o ultimo da Bundesliga , mais um excelente tónico para a equipa de Jesus . O Hertha vem de um empate caseiro a uma bola frente ao Mainz enquanto o Benfica bem de uma vitória frente ao Belenenses em casa por uma bola a zero .

 

 

O Mister  Jesus convocou 22 jogadores para a deslocação a Berlim. Fábio Coentrão é a grande baixa na equipa benfiquista, devido a uma mialgia na região glútea direita, que o obrigou esta terça-feira que passou a treino especifico ; corrida e trabalho de ginásio.

 

De fora também devido a lesão  fica o central Sidnei, que ainda não está totalmente recuperado da mialgia na coxa esquerda que o tem impedido de dar o seu contributo à equipa nas últimas semanas.

 

Lista de convocados:

 

Guarda-redes: Quim, Júlio César e Moreira.

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Miguel Vítor, David Luiz e César Peixoto.

Médios: Javi Garcia, Ramires, Airton, Ruben Amorim, Carlos Martins, Di María, Pablo Aimar e Felipe Menezes.

Avançados: Saviola, Cardozo, Nuno Gomes, Alan Kardec, Éder Luís e Weldon.

 

publicado por Sérgio Martins às 23:56
Quarta-feira, 28 DE Outubro 2009

 

O Benfica goleou o Everton FC na terceira jornada da UEFA Europa League, mercê de uma vitória por 5-0 no Estádio da Luz. Os "encarnados" chegaram à vantagem no primeiro tempo e entraram na segunda parte de forma avassaladora, tendo apontado três golos em cinco minutos. Com este triunfo o Benfica ascende à liderança do Grupo I, com seis pontos, os mesmos dos ingleses.

 

Poucas mexidas
A turma "encarnada" apresentou poucas alterações em relação à habitual formação inicial, com a particularidade de Ruben Amorim ter alinhado na posição de defesa-direito, lugar normalmente ocupado por Maxi Pereira. No flanco oposto, a escolha de Jorge Jesus recaiu sobre César Peixoto, já que Shaffer falhou a partida frente aos "toffees" a contas com uma lesão muscular. O guarda-redes Júlio César, utilizado nas provas europeias, voltou a ocupar o lugar entre os postes.

 

Luisão ameaça
A jogar em casa, os comandados de Jorge Jesus entraram bem no encontro, assumindo as despesas nos minutos iniciais, tendo criado uma boa oportunidade para marcar logo aos quatro minutos. Pablo Aimar bateu um canto do lado esquerdo e Luisão, livre de marcação, desviou de cabeça, com a bola a passar ligeiramente ao lado.

 

 

Golo de Saviola
Apesar do assédio "encarnado", a formação inglesa equilibrou as operações a meio-campo, mas foi mesmo a equipa lisboeta a primeira a chegar ao golo, aos 13 minutos. Di María ganhou espaço para cruzar do lado esquerdo e Saviola, ao segundo poste, atirou a contar para delírio dos adeptos "encarnados" presentes no Estádio da Luz. Dez minutos volvidos, Di María voltou a criar calafrios à defesa inglesa, com o Benfica muito perto de aumentar a vantagem. O extremo argentino passou por um opositor no lado esquerdo, efectuou um cruzamento rasteiro e o defesa-central Sylvain Distin por pouco não fazia autogolo.

 

Resposta inglesa
Aos 33 minutos, o Everton respondeu com algum perigo, na sequência de um passe de Yakubu, em zona frontal. Bilyaletdinov disparou de primeira, com o esférico a passar ligeiramente por cima da barra da baliza de Júlio César, numa fase em que os homens comandados por David Moyes procuravam o empate. Contudo, o Benfica conseguiu preservar a vantagem até ao intervalo.

 

Entrada explosiva
A segunda parte começou da melhor forma para a equipa da casa, que fez o 2-0 logo aos 46 minutos. Aimar ganhou a bola à entrada da área, Saviola progrediu pelo lado esquerdo e assistiu na perfeição Óscar Cardozo, que só teve de encostar. Numa entrada verdadeiramente explosiva, os "encarnados" voltaram a marcar no minuto seguinte. Di María, também pelo lado esquerdo, efectuou um cruzamento bem medido e Cardozo, ao segundo poste, bisou com um remate de cabeça.

 

Luisão de cabeça
Aos 51 minutos a turma da Luz fez o 4-0, na sequência de um pontapé de canto apontado por Aimar. Luisão, em zona frontal, cabeceou ao poste mais distante, colocando em delírio as bancadas do Estádio da Luz. Três minutos depois foi a vez de Di María tentar a sua sorte, já no interior da área. O argentino ganhou espaço, rematou com intenção, mas a bola embateu com estrondo na barra da baliza à guarda de Tim Howard.

 

Bis de Saviola
Depois da avalanche de golos no recomeço, o Benfica continuou a dominar, não com tanta intensidade, perante uma equipa do Everton mais descrente face ao primeiro tempo. Os comandados de Jorge Jesus poderiam ter marcado mais, mas o Everton esteve perto de marcar aos 78 minutos, após um remate de Saha, que embateu no poste da baliza "encarnada". No entanto, o Benfica chegaria ao 5-0 aos 82 minutos, após lançamento longo de David Luiz. Di María assistiu Saviola, que fez o mais fácil.

Os Golos:

 

Outros Jogos

 22/10/2009
FC Salzburg 1 - 0 PFC Levski Sofia
S.S. Lazio 2 - 1 Villarreal CF
FC Sheriff 2 - 0 FC Twente
FC Steaua Bucureşti 0 - 1 Fenerbahçe SK
FC BATE Borisov 2 - 1 AEK Athens FC
SL Benfica 5 - 0 Everton
FC Shakhtar Donetsk 4 - 0 Toulouse FC
Club Brugge KV 2 - 0 FK Partizan
PSV Eindhoven 1 - 0 FC København
AC Sparta Praha 2 - 0 CFR 1907 Cluj
FK Austria Wien 2 - 2 Werder Bremen
Athletic Club Bilbao 2 - 1 CD Nacional
FC Timişoara 0 - 0 RSC Anderlecht
AFC Ajax 2 - 1 NK Dinamo Zagreb
Valencia CF 1 - 1 SK Slavia Praha
LOSC Lille Métropole 3 - 0 Genoa CFC
Celtic FC 0 - 1 Hamburger SV
Hapoel Tel-Aviv FC 5 - 1 SK Rapid Wien
FK Ventspils 1 - 2 Sporting Clube de Portugal
Hertha BSC Berlin 0 - 1 SC Heerenveen
Fulham FC 1 - 1 AS Roma
PFC CSKA Sofia 0 - 2 FC Basel 1893
Galatasaray AŞ 4 - 1 FC Dinamo 1948 Bucureşti
Panathinaikos FC 1 - 0 SK Sturm Graz

 

 
publicado por Sérgio Martins às 01:43

 

O Benfica perdeu na segunda jornada da UEFA Europa League, na visita ao terreno do AEK Athens FC, por 1-0. O único golo da partida foi apontado à beira do intervalo, por intermédio de Majstorovic.

 

Di María perto do golo
Os comandados de Jorge Jesus entraram bem no jogo, de forma autoritária, e desde cedo tomaram as rédeas do encontro, com o AEK a explorar os lances em contra-ataque. Assim, aos 12 minutos, Di María esteve perto do golo após a marcação de um pontapé de canto. O argentino aproveitou um alívio deficiente da defesa grega e disparou de pronto, com a bola a embater no poste da baliza à guarda de Saja.  

 

AEK responde
Aos 15 minutos, a turma da casa respondeu e Georgeas criou o primeiro lance de perigo junto da área "encarnada", permitindo uma defesa segura a Júlio César. No minuto seguinte, o guarda-redes brasileiro voltou a negar os intentos dos gregos, ao travar um remate de longe por parte de Scocco. Aos 19 minutos, Blanco falhou por pouco o alvo, após uma saída fora de tempo por parte de Júlio César, mas o lance foi invalidado por posição irregular.

 

Blanco de cabeça
Aos 22 minutos, Di María voltou a criar perigo, após uma incursão pelo lado esquerdo. O extremo argentino deixou dois defesas para trás, ultrapassou o guarda-redes dos gregos, mas, sem ângulo de remate, não conseguiu introduzir a bola na baliza. Aos 39 minutos, o AEK esteve muito perto de marcar, após cruzamento do lado esquerdo. Blanco rematou de cabeça e a bola saiu muito perto do poste esquerdo da baliza.

 

Golo perto do intervalo
Depois de alguns avisos, os gregos acabaram mesmo por marcar, na sequência de um pontapé de canto, aos 42 minutos. Majstorovic saltou mais alto do que os centrais do Benfica e, de cabeça, fez o 1-0, para gáudio dos adeptos presentes no Estádio OACA Spiros Louis. O Benfica foi para o descanso em desvantagem, mesmo depois de ter construído alguns lances para marcar no primeiro tempo, se bem que tenha revelado algumas dificuldades no sector mais recuado.

 

Benfica tenta empate
Na segunda parte, a formação lisboeta entrou bem e Di María por pouco não fez o empate, após remate sobre o lado esquerdo. Valeu à turma grega a intervenção de Saja, que cedeu canto. Dois minutos depois, o guarda-redes grego voltou a negar o tento do Benfica, na sequência de um remate de Saviola, que levava selo de golo. Aos 64 minutos, o recém-trado Weldon poderia ter dado melhor sequência a um cruzamento de Ramires, mas o cabeceamento do brasileiro saiu ao lado.

 

Expulsão
Dois minutos depois, Cardozo quase marcava de livre, mas Saja efectuou nova defesa vistosa. Aos 73 minutos, foi a vez de Fábio Coentrão (também entrou na segunda parte) tentar a sua sorte, com um disparo já no interior da área. Contudo, o guardião do AEK defendeu com o pé, tendo cedido canto. O AEK ficou reduzido a dez elementos, por expulsão de Georgeas, a cinco minutos do fim, mas o Benfica não conseguiu chegar ao empate.

Outros Jogos

                   01/10/2009
PFC Levski Sofia 0 - 4 S.S. Lazio
FC Salzburg 2 - 0 Villarreal CF
FC Twente 0 - 0 FC Steaua Bucureşti
FC Sheriff 0 - 1 Fenerbahçe SK
AEK Athens FC 1 - 0 SL Benfica
FC BATE Borisov 1 - 2 Everton
Toulouse FC 2 - 2 Club Brugge KV
FC Shakhtar Donetsk 4 - 1 FK Partizan
FC København 1 - 0 AC Sparta Praha
PSV Eindhoven 1 - 0 CFR 1907 Cluj
Werder Bremen 3 - 1 Athletic Club Bilbao
FK Austria Wien 1 - 1 CD Nacional
RSC Anderlecht 1 - 1 AFC Ajax
FC Timişoara 0 - 3 NK Dinamo Zagreb
SK Slavia Praha 1 - 5 LOSC Lille Métropole
Valencia CF 3 - 2 Genoa CFC
Hamburger SV 4 - 2 Hapoel Tel-Aviv FC
Celtic FC 1 - 1 SK Rapid Wien
Sporting Clube de Portugal 1 - 0 Hertha BSC Berlin
FK Ventspils 0 - 0 SC Heerenveen
AS Roma 2 - 0 PFC CSKA Sofia
Fulham FC 1 - 0 FC Basel 1893
FC Dinamo 1948 Bucureşti 0 - 1 Panathinaikos FC
Galatasaray AŞ 1 - 1 SK Sturm Graz

Estatísticas dos clubes

    

AEK   Benfica
1 Golos marcados 0
4 Cartões amarelos 3
1 Cartões vermelhos 0
10 Remates à baliza 9
3 Cantos 7
9 Foras-de-jogo 1
 
publicado por Sérgio Martins às 00:18
Segunda-feira, 21 DE Setembro 2009

Benfica VS Bate Borisov

 

Crónica :

 

O Benfica esteve bem o suficiente para conquistar os três pontos . A Equipa Bielorrussa poucas vezes incomodou Júlio César , e as vezes que o fez o guarda redes esteve bem .

Entramos a mandar no jogo muito pressionantes a toda a largura do campo , Na primeira parte o Bate Borisov limitou -se a defender com os onze jogadores atrás da linha da bola .

Jorge Jesus mexeu na equipa , regressou Maxi Pereira  poupou Aimar e Saviola  , e colocou em campo o estreante Filipe menezes e na frente de ataque Nuno Gomes .

 

Filipe Menezes demonstrou boa técnica , apesar de se notar falta de entrosamento com a restante equipa .

 

Nuno Gomes voltou aos golos , marcando de forma espectacular  o 1º tento da partida e ainda assistiu de primeira num rasgo de génio o tento de Cardozo .

 

Di Maria este vem , com jogadas rápidas a jogar e a fazer jogar

 

A Defesa muito certinha , a dupla Luisão /David Luis acho que deve ser para manter .

 

Mais um nota , adorei a forma de jogar de Ramires , possivelmente um dos melhores em campo este jogo . Incansável , Omnipresente , lutador  , ele estava em todo o lado à frente a trás absolutamente fantástico .

 

 

  BENFICA    VS   BATE BORISOV

 

 

Os Golos :

 

1º Golo - Aos 36 minutos o Benfica chegou finalmente ao golo, após cruzamento de Maxi Pereira do lado direito. Nuno Gomes, ao segundo poste, dominou o esférico no peito, e, de pé direito, atirou para o fundo das redes .

 

2º Golo -  Cinco minutos depois, Cardozo fez o 2-0, numa fase de maior acerto da turma de Jorge Jesus. Nuno Gomes assistiu de forma primorosa o avançado paraguaio, que não teve dificuldades em colocar no fundo da baliza.

 

 

 

 Estatísticas dos clubes

 

Benfica   BATE
2 Golos marcados 0
0 Cartões amarelos 2
0 Cartões vermelhos 0
18 Remates à baliza 6
5 Cantos 8
2 Foras-de-jogo 7

 

Outros Jogos da Liga Europa

17/09/2009
AFC Ajax 0 - 0 FC Timişoara
NK Dinamo Zagreb 0 - 2 RSC Anderlecht
LOSC Lille Métropole 1 - 1 Valencia CF
Genoa CFC 2 - 0 SK Slavia Praha
Hapoel Tel-Aviv FC 2 - 1 Celtic FC
SK Rapid Wien 3 - 0 Hamburger SV
Hertha BSC Berlin 1 - 1 FK Ventspils
SC Heerenveen 2 - 3 Sporting Clube de Portugal
PFC CSKA Sofia 1 - 1 Fulham FC
FC Basel 1893 2 - 0 AS Roma
Panathinaikos FC 1 - 3 Galatasaray AŞ
SK Sturm Graz 0 - 1 FC Dinamo 1948 Bucureşti
S.S. Lazio 1 - 2 FC Salzburg
Villarreal CF 1 - 0 PFC Levski Sofia
FC Steaua Bucureşti 0 - 0 FC Sheriff
SL Benfica 2 - 0 FC BATE Borisov
Everton FC 4 - 0 AEK Athens FC
Club Brugge KV 1 - 4 FC Shakhtar Donetsk
FK Partizan 2 - 3 Toulouse FC
AC Sparta Praha 2 - 2 PSV Eindhoven
CFR 1907 Cluj 2 - 0 FC København
Athletic Club 3 - 0 FK Austria Wien
CD Nacional 2 - 3 Werder Bremen
Fenerbahçe SK 1 - 2 FC Twente
 

 

publicado por Sérgio Martins às 01:33
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O Benfica parece um Oceano, com tantos adeptos a d...
Posts mais comentados
Taça da Liga -Vencedores
1ª Liga - Campeão
mais sobre mim
blogs SAPO